Ronna, ronto, quetta e quecto, os novos prefixos para medir dados gerados no mundo

Com a enorme quantidade de conteúdo sendo criado todos os dias, os especialistas precisam de novos prefixos para se referir a determinados números. Imagem: Getty Images.

A gigantesca quantidade de dados que o planeta gera e publica na internet todos os dias criou um problema linguístico.

Os prefixos que usamos para nomear as informações (kilobytes, megabytes, terabytes) não são mais suficientes para descrever tudo o que existe – e existirá – na rede.

Com a enorme quantidade de conteúdo sendo criado todos os dias, os especialistas precisam de novos prefixos para se referir a determinados números

É por isso que a Conferência Geral de Pesos e Medidas (CGPM), em sua 27ª reunião, definiu os novos prefixos que serão usados ​​dentro do Sistema Internacional de Unidades para expressar enormes quantidades, além de números incrivelmente minúsculas.

As novas medidas

Ronna, com o símbolo R, será o prefixo usado para descrever números em que o primeiro dígito é seguido por 27 zeros. Enquanto quetta ou Q vai representar números em que o primeiro dígito é seguido por 30 zeros.

Potência/ Prefixo/ Símbolo

10^27ronna /R

10^-27ronto r

10^30quetta Q

10^-30quecto q

Quanto pesa a Terra? Agora você pode dizer que pesa 5,74 ronnagramas. Imagem: Getty Images.

No outro lado do espectro, a CGPM definiu que será utilizado o prefixo “ronto”, com o símbolo r, para se referir a números em que existam 27 zeros antes da vírgula; e quecto, ou q, para aqueles em que há 30 zeros antes da vírgula.

Entenda as novas medidas

Para se ter uma ideia dos números que podem ser descritos com esses novos finais, o jornal americano The Washington Post usou a Terra como quadro de referência.

Nosso planeta tem um peso aproximado em gramas de 5.974.000.000.000.000.000.000.000.000.000, ou 5,974×10^27.

Usando as terminações atualmente presentes no sistema métrico, esse número pode ser expresso como 5,974×10^24 quilogramas, 5,974×1021 megagramas ou simplesmente 5,974 ronnagramas. Se estivéssemos medindo um planeta com um peso de 8×10^30 gramas, poderíamos nos referir ao seu peso como 8 quettagramas.

Se você estivesse medindo algo tão pequeno quanto 3×10^-27 ou 6×10^-30, como as microondas de radiação presentes no universo como um remanescente do Big Bang, você pode dizer que eles têm 3 rontômetros ou 6 quectômetros.

Esses novos prefixos são os primeiros que a conferência adicionou desde que zetta (10^21), yotta (10^24), zepto (10^-21) e yocto (10^-24) foram adicionados em 1991.

O crescimento da informação

Na resolução que anunciou os prefixos, a CGPM se referiu especificamente às “necessidades da ciência de dados em um futuro próximo para expressar quantidades de informações digitais” de forma unificada.

Também acrescentou que os prefixos devem ser adotados em breve “para evitar que prefixos de fato sejam usados ​​e adotados em outras comunidades”.

Outra resolução aprovada na CGPM dá indicações de quais são os planos futuros para alcançar a unificação de todos os tipos de medidas em nível global, particularmente com a medição do tempo.

A conferência “estimula o Comitê de Pesos e Medidas (CIPM) a trazer propostas para a 28ª reunião da CGPM (2026) para “definir quanto é igual a um segundo”, para que uma nova definição seja adotada na 29ª reunião do CGPM em 2030″.

Redação BBC News Mundo. Imagem: Getty Images.