Alunos do Projeto Ginga Capoeira se apresentam na 6ª edição do Vamos Subir a Serra

Foto: Pedro Farias/Ascom Semed

Serão 150 estudantes que vão participar do festival

Estudantes da rede municipal de ensino, que integram o projeto Ginga Capoeira, irão se apresentar na 6ª edição do Vamos Subir a Serra. O projeto promovido pelo Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, entidade do movimento negro de Alagoas vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs), e que tem apoio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) será realizado de 11 a 15 de novembro, na Praça Multieventos, na Pajuçara.

Os alunos participarão da abertura do evento no espaço Kizomba, Arte, cultura e Gastronomia Afro-brasileira, do Vamos Subir a Serra, no dia 11 às 14h. São estudantes das escolas Tradutor João Sampaio, do bairro João Sampaio, a Paulo Bandeira, do Benedito Bentes, a Manoel Pedro, do Santos Dumont, e a Silvestre Péricles, do Pontal da Barra.

Durante cinco dias, o Espaço Cultural Zumbi dos Palmares – estrutura provisória, erguida na Praia de Pajuçara – será palco de discussões, debates, oficinas, feira de empreendedores afros e quilombolas, feira gastronômica e apresentações afros culturais.

Serão mais de trintas atividades oferecidas de forma gratuita para população. Também será disponibilizado, de forma gratuita, espaços para comercialização de produtos e serviços.

Ginga Capoeira

O projeto Ginga Capoeira contempla 800 crianças, do 1º ao 5ºano, de 16 escolas públicas de Maceió. O projeto é fruto da parceria da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), o Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô e a Secretaria Municipal de Educação (SEMED), incentivando os alunos com arte e cultura, colaborando com o combate à evasão escolar. O projeto está sob coordenação do Mestre Cláudio dos Palmares.

Julita Bittencourt (estagiária) / Ascom Semed. Foto: Pedro Farias/Ascom Semed