Maceió – Educação retoma Concurso de Quadrilha Matuta da rede municipal de ensino

Evento acontece entre os dias 7 e 9 de junho. Foto: Ascom Semed

Evento realizado em parceria com o Sesc, que entra em sua 20ª edição, incentiva os alunos a conhecerem as tradições juninas

Evento acontece entre os dias 7 e 9 de junho. Foto: Ascom Semed

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Sesc, vai promover neste mês de junho o Concurso de Quadrilha Matuta da rede municipal de ensino. As escolas terão a oportunidade de inscrever equipes para competir e conquistar troféus e medalhas pelas suas apresentações. A competição vai ocorrer entre os dias 7, 8 e 9 de junho no Sesc Poço.

As unidades de ensino interessadas em participar da competição devem se inscrever na sede da Semed.

O objetivo do evento, que vai para a sua 20ª edição e é tradição na rede municipal, é incentivar os estudantes a conhecerem na prática as manifestações populares juninas do país. É a primeira edição da competição desde a pandemia de Covid-19, que suspendeu a realização do evento em 2020 e 2021.

De acordo com o coordenador do setor de ação cultural da Semed, Tércio Smith, a disputa representa um momento importante para a vida dos estudantes. “É uma forma de expandir o ambiente escolar, porque a escola e a educação não se limitam aos muros da escola, e essa saída para outros espaços é importante para eles terem um contato direto com seus objetos de estudo”, diz.

O educador e músico avalia que, apesar do momento atual, as tradições juninas ainda estão profundamente enraizadas na cultura popular e, também, na vida dos jovens. “O momento também possibilita a interação social dos estudantes, que estarão fortalecendo juntos o gosto pela cultura popular”, pontua.

Nos dias 7 e 8, a previsão é que ocorram as classificatórias do campeonato, com as finais ocorrendo no dia 9 de junho. Poderão participar estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, que irão competir das 14h às 17h, e os da Educação para Jovens, Adultos e Idosos, que irão participar das 19h às 22h.

A modalidade de quadrilha que os estudantes irão apresentar, a matuta, se diferencia das contemporâneas, já que é marcada pela simplicidade dos trajes e alguns movimentos tradicionais.

Surgida na Europa, a quadrilha foi introduzida nas zonas rurais do Brasil para comemorações de casamento e da colheita do milho.

Luan Oliveira (estagiário)/Ascom Semed. Imagem: AScom Semed.