Favela 3D: Prefeito JHC firma parceria com ONG Gerando Falcões para avanços no Vergel

Programa Favela 3D será desenvolvido no Vergel do Lago. Imagem: Gab. do Prefeito.
Programa proporcionará vida digna, digital e desenvolvida na Orla Lagunar

O prefeito JHC firmou, nesta sexta-feira (3), parceria com a ONG Gerando Falcões para o desenvolvimento da Favela 3D em Maceió. A ação irá promover moradia digna e urbanismo social, geração de renda na comunidade e desenvolvimento social às famílias que vivem em situação de extrema pobreza na região da orla lagunar da capital.

Com o intuito de garantir uma favela digna, digital e desenvolvida, o prefeito JHC afirmou que o Vergel do Lago é um espaço que tem tudo a ver com a Favela 3D.

“É vitória do povo, da nossa cidade. A gente vai ser vitrine e fonte de inspiração. Temos dentro da nossa cidade uma área muito especial representada na nossa bandeira, que é a nossa Lagoa Mundaú. O Vergel é uma região que tem uma fauna, uma flora muito rica e um povo batalhador e empreendedor e que tem tudo a ver com a favela 3D. Vamos executar da melhor maneira possível”, pontuou.

Ainda durante a cerimônia, o prefeito falou sobre mais uma ação inovadora para a Maceió, que poderá ser a primeira cidade a entregar a parte de gestão condominial antes de entregar as moradias, desenvolvendo desde o início a parte a social.

O CEO fundador da ONG Gerando Falcões, Eduardo Lyra, destacou a importância de unir a iniciativa pública, privada e o terceiro setor com o objetivo de transformar a vida dos que mais precisam.

“A nossa missão é transformar a pobreza da favela. Se existe ciência para ir para Marte, existe ciência para a gente acabar com aquilo que nunca deveria ter existido que é a pobreza extrema. Nossa forma de atuar é encontrar líderes, capacitar e desenvolver uma série de programas sociais”, disse Eduardo.

Prefeito JHC e Eduardo Lyra, fundador da ONG Gerando Falcões

O projeto da Favela 3D vai ser uma porta de entrada para a emancipação social de várias famílias que vivem em situação de extrema pobreza no Vergel do Lago. Serão investidas tecnologias sociais das mais avançadas para trazer desenvolvimento para os moradores e, com isso, Maceió se tornará exemplo para o Brasil no combate à desigualdade. No bairro, mais de 1700 famílias serão beneficiadas com o Residencial Vilas do Mundaú

O secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, expôs que há um legado da Prefeitura de Maceió em trazer a Favela 3D para o município e reforçou a importância de parcerias para a efetivação do projeto.

“Existe esse legado na Prefeitura de trazer essa rede como parceria, que vai trazer grandes olhares matemáticos e científicos. Obrigado prefeito, fico muito impactado com tudo isso, estava ansioso e vislumbrando um sonho de potencial absurdo. E vamos correr com os próximos passos”, disse.

Programa proporcionará vida digna, digital e desenvolvida na Orla Lagunar

Vilas do Mundaú

O conjunto habitacional contará com área de lazer, quadra de esportes, quadra de esportes, estacionamento, praças, pista de skates e campos de futebol. Além disso, será implantado também sistema de saneamento básico, reduzindo a poluição na Lagoa Mundaú.

“A construção do Residencial Vilas do Mundaú está caminhando rapidamente. Temos hoje cerca de 10% de obras concluídas, 12 blocos levantados, em seis meses da gestão do prefeito JHC. Entendemos que os moradores das margens da lagoa Mundaú têm pressa de deixar o local. No Oiticica 1, no Benedito Bentes, mais de 200 famílias da orla lagunar foram contempladas e estão felizes com a nova realidade”, declarou o secretário adjunto de Habitação, Eduardo Rossiter.

Favela 3D

Em Maceió, no mês de junho será trabalhada a estruturação da equipe que vai iniciar o trabalho de diagnóstico e adaptação. Já em julho será o processo de adaptar para a realidade do Vergel do Lago e entregar o plano de ação. O município será o responsável por monitorar e gerir o projeto.

Texto e Imagem: Gab. do Prefeito.