FMAC participa de live com Conselho Municipal de Políticas Culturais

Encontro presencial com representantes do CMPC. Imagem: Ascom / FMAC.

Mírian Monte destacou que é preciso perceber a cultura de forma cada vez mais democrática. A presidenta da FMAC enfatizou ainda que a mudança de gestão ocorreu em plena pandemia e compreende que a cultura é essencial para manter a saúde mental da população que ainda sofre os efeitos da Covid-19.

A gestora da FMAC disse que vai se empenhar em trazer a participação da sociedade, a partir dos canais de representação dos diversos segmentos culturais que fazem parte da cultura e da economia criativa do município de Maceió. “Temos respeito pela gestão anterior e tudo o que foi feito será ampliado e melhorado. Mas também precisamos alçar novos voos, para manter o que foi construído e buscar novos caminhos e meios para alcançarmos uma gestão compartilhada em conjunto com a nossa equipe que vive, é entusiasta e abraça com paixão a cultura”, afirmou.

A presidenta da FMAC também destacou que vai viabilizar o diálogo ea participação efetiva da sociedade nas políticas culturais. “A participação deve ser plural no sentido de manter uma convivência harmônica da diversidade de todos os setores e segmentos da sociedade representados”, enfatizou.

Durante a realização da live, os participantes fizeram perguntas à presidenta da FMAC sobre os editais da Lei Aldir Blanc e a ativação dos Pontos de Cultura, que devido à pandemia da Covid-19 estão com as atividades suspensas.

Mírian Monte disse que os técnicos da FMAC estão realizando um levantamento de todos os projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc em Maceió, e que todas as atividades que envolvam a participação presencial de pessoas em ações culturais que gerem aglomeração estão sendo avaliadas pelo Gabinete Integrado para o Enfrentamento da Covid-19, que envolve outras pastas da Prefeitura Municipal de Maceió.

Texto E Imagem: Ascom / FMAC.