Arapiraca – Celebra Dia da Consciência Negra com apresentações da cultura afro-brasileira no Bosque

Imagem: Ascom.

Nesta sexta-feira, 20 de novembro, será comemorado o Dia da Consciência Negra e a Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Educação e Esporte, está preparando um evento especial, intitulado “Um Olhar Afrobrasileiro Sobre Arapiraca”, que vai contar com apresentações da cultura afro-brasileira no Bosque das Arapiracas, a partir das 15hs.

De acordo com a professora Laurinete Basílio, gerente da Educação Quilombola da Secretaria de Educação, o evento “Um Olhar Afrobrasileiro Sobre Arapiraca” será um momento de celebração, para que a comunidade saiba que essa data é muito importante para a cidade de Arapiraca, que tem uma população formada por brancos, negros e indígenas, principalmente, pois foram os primeiros habitantes dessa região.

Segundo a professora, o objetivo do evento é visibilizar a cultura afro-brasileira pertencente a grupos étnicos raciais existentes no município de Arapiraca. “Durante esta Semana da Consciência Negra, nós trabalhamos ações educativas de combate ao racismo nas escolas e centros de educação infantil, através de atividades remotas, e os trabalhos desenvolvidos serão apresentados pelos alunos durante o evento”, explica.

Dia da Consciência Negra

Imagem: Reprodução

O Dia da Consciência Negra foi instituído no Brasil no dia 20 de novembro de 2003. A data foi encolhida porque remete ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 20 de novembro de 1695. Zumbi dos Palmares foi líder do Quilombo dos Palmares, considerado um herói da resistência anti-escravagista no Brasil, que até hoje inspira a população afrodescendente de Alagoas e do Brasil no combate ao racismo.

“Dizem que no Brasil não existem problemas raciais, mas nós estamos vendo a população negra, principalmente os jovens, sendo mortos, vítimas da discriminação racial. Por isso, a importância do dia 20 de novembro, um dia para se falar da relevância do negro no Brasil, pois foi esse povo que construiu a riqueza deste país. É um dia para se combater todas as formas de discriminação que essa população sofreu e sofre. É preciso que a população arapiraquense veja de forma positiva a cultura e as religiões de matriz africana”, ressalta a professora Laurinete Basílio.

Nesse contexto, o Município de Arapiraca desenvolve uma educação antirracista nas escolas, para que as crianças percebam que não existe diferença entre brancos e negros.

Programação do evento “Um Olhar Afrobrasileiro Sobre Arapiraca”

Local: Bosque das Arapiracas, sexta-feira (20), a partir das 15hs

Premiação dos alunos que participaram do Concurso Arapiraca – Cidade da Gente – Fotografia, Cordel e Cinematografia;

Apresentações culturais das escolas públicas municipais;

Apresentações da Cultura Afro-brasileira;

Oficinas de Turbante, Trança e Pintura facial;

Exposição de artesanato;

Espetáculo com a Turma do Palhaço Biribinha: Primeiro Palhaço Negro Benjamim de Oliveira.

Texto: Flaviana Costa Pref. de Arapiraca. Imagem: Ascom.