Últimas notícias sobre o Covid-19: Província de Hubei relaxa quarentena de coronavírus

Funcionários retiram barreiras de rua em Wuhan, epicentro do coronavírus na China

Cidadãos saudáveis poderão deixar a província chinesa de Hubei esta semana. Alemanha registrou 4.764 novas infecções e 114 mortes relacionadas a coronavírus. Anvisa aprova três novos testes para detectar Sars-Cov-2.

  • Alemanha tem quase 5 mil novos casos de coronavírus num único dia
  • Na China, província de Hubei relaxa quarentena de coronavírus

Pressione Ctrl + F5 para ver as últimas atualizações desta terça-feira (24/03) – horário de Brasília:

02:59 – Alemanha tem quase 5 mil novos casos de coronavírus num único dia

O número de infecções confirmadas pelo coronavírus Sars-Cov-2 teve um salto de quase 5 mil num único dia. De segunda-feira (23/03) para esta terça (24/03), o Instituto Robert Koch (RKI), responsável pelo controle e prevenção de doenças no país, contou 4.764 novos casos. O total de infecções confirmadas é de 27.436, diz o órgão. 

Até agora, a Alemanha registrou 114 mortes em decorrência da infecção pelo vírus. Na segunda-feira, somavam 86. O aumento mais pronunciado era esperado, diz o RKI, já que nem todos os órgãos regionais transmitiram os dados atualizados ao instituto no último fim de semana. As informações acabaram sendo atualizadas nesta segunda. 

02:02 – Província de Hubei relaxa quarentena de coronavírus

Quase três meses após o surgimento do coronavírus Sars-Cov-2 na China, há sinais de relaxamento das medidas restritivas para conter a disseminação do patógeno no país. Segundo informações das autoridades, a quarentena imposta na província central de Hubei, cuja capital Wuhan foi o epicentro da pandemia no país, deverá começar a ser amplamente levantada. 

Cidadãos saudáveis poderão deixar a província a partir desta quarta-feira (25/03), dizem autoridades locais. A decisão não se aplica à cidade de Wuhan, onde o vírus surgiu – a proibição de entrada na cidade está prevista para ser anulada apenas no dia 7 de abril. 

00:00 – Anvisa aprova três novos testes para detectar coronavírus

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta segunda-feira (23/03), três novos testes para detectar o vírus Sars-Cov-2, causador da doença respiratória covid-19. Com o aval, o país passou a ter 11 testes aprovados para detectar a nova cepa de coronavírus. 

Dois dos três testes são moleculares, do tipo PCR. O procedimento tem alto grau de precisão e detecta material genético do vírus em amostras das vias respiratórias de pacientes. O terceiro teste é um ensaio rápido que identifica anticorpos contra o vírus e usa apenas uma pequena amostra de sangue. 

Dos 11 testes aprovados até agora no Brasil, nove são testes rápidos. Os resultados são obtidos em cerca de 15 minutos. Os testes com técnica de PCR levam cerca de quatro horas para apresentar resultados. 

Todos os testes disponíveis no país têm serviços de saúde como destino, nenhum deles é um teste pensado para ser feito diretamente por consumidores. 

O Brasil tem, até o momento, 1.891 infecções pelo coronavírus e 34 mortes.

Veja aqui as respostas às perguntas mais frequentes sobre o novo coronavírus, o Sars-Cov-2, ou à doença causada pelo patógeno, a covid-19.

00:00 – Resumo dos principais acontecimentos desta segunda-feira (23/03):

  • Mortes pelo coronavírus no mundo passam de 15 mil; casos somam mais de 350 mil; mais de 100 mil se recuperaram
  • Brasil tem, segundo Ministério da Saúde, 1.891 casos confirmados e 34 mortes
  • Canadá cancela participação na Olimpíada de Tóquio
  • Alemanha registra mais de 22 mil casos, segundo Instituto Robert Koch
  • Merkel tem teste negativo para covid-19, diz porta-voz

Fonte: Deutsche Welle.