Arapiraca – O que fazer caso os sintomas do Coronavírus apareçam?

Arte: Pdrinan/Pixabay.

Tendo em vista a falta de informações acerca da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus, a prefeitura esclarece como se dará o atendimento da população que apresentar os sintomas.

Mas antes é importante informar que, de acordo com o Ministério da Saúde, os sinais e sintomas clínicos da doença são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado comum. Os principais são febre, tosse, coriza e dificuldade para respirar.

É importante frisar que, neste primeiro momento, só serão considerados casos suspeitos de Covid-19 os pacientes que apresentarem, de forma clara, os sintomas da doença e que tenham realizado viagens para áreas de propagação do vírus ou que tenham tido contato com outra pessoa infectada.

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (16), na Secretaria Municipal de Saúde, a superintendente de Vigilância em Saúde, Aglaí Tojal, informou que os pacientes que apresentarem os sintomas leves da doença e se enquadrarem nas diretrizes citadas acima devem entrar em quarentena IMEDIATAMENTE, permanecendo em casa durante 7 dias, evitando contato com outras pessoas.

Um membro da família deve informar sobre os sintomas imediatamente ao Centro ou Unidade Básica de Saúde de referência do paciente, para que o caso seja monitorado pelas equipes de Saúde da Família e de Vigilância Epidemiológica.

Se houver persistência de febre por 48 horas e o paciente apresentar desconforto respiratório, a informação deve ser levada IMEDIATAMENTE a equipe da unidade de Saúde, que dará os encaminhamentos necessários. Os casos confirmados e contatos diretos deverão entrar em quarentena domiciliar por um período de 14 dias.

“A orientação, neste momento, é que o paciente que apresentar os sintomas leves da doença não vá até a Unidade de Saúde, para evitar a proliferação do vírus. É necessário avisar a UBS e entrar em QUARENTENA IMEDIATA, evitando contato direto com familiares”, informou a superintendente Aglaí Tojal.

Neste primeiro momento, os casos graves que forem confirmados como Covid-19 serão encaminhados para o Hospital Dr. Hélvio Auto, em Maceió.

De acordo com a coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Adriana Duarte, os pacientes em quarentena também serão submetidos a exame para detecção do vírus Influenza H1N1, que tem sintomas semelhantes e tratamento específico.

Sintomas da Covid-19:

De acordo com o Ministério da Saúde, os sinais e sintomas clínicos da doença são principalmente respiratórios, semelhantes aos de um resfriado comum. Em casos mais graves, podem também causar infecção do trato respiratório inferior, como pneumonias. Os principais sintomas são febre, tosse, coriza e dificuldade para respirar.

Precauções:

Dentre as principais orientações do Ministério da Saúde estão:

  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como copo, talheres, etc.;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão, ou usar antisséptico de mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa enquanto estiver doente;
  • Quem viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), além de evitar a circulação em mercados de animais e seus produtos